Produtores devem ficar atentos para os prazos de imunização do rebanho e comprovação da vacinação contra febre aftosa

Medidas de prevenção ao coronavírus devem ser adotadas tanto na hora de imunizar e de comprovar a vacinação

Produtores já começam a comprovar a vacinação no escritório da AGED, observando os protocolos de prevenção ao coronavírus

 

Por Suyane Scanssette
15/06/2020   16:51

A primeira etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa no Maranhão começou no dia 1° de junho e o prazo se encerra no dia 30 de junho. Bovinos e bubalinos de todas as idades devem ser vacinados nessa primeira etapa da campanha. A vacinação de todo rebanho nesse momento é importante para manutenção do atual status do Maranhão, que é de livre da aftosa com vacinação, nos preparando para alcançar o status de zona livre sem vacinação.

Nos primeiros 10 dias da campanha, segundo dados do Sistema de Integração Agropecuária, a comercialização de vacinas antiaftosa nas casas de revendas agropecuárias espalhadas no Estado foi de cerca de um milhão e meio (1,5 milhão) de doses. Neste mesmo período, mais de 6 mil e 800 produtores rurais já haviam adquirido as doses de vacina para imunizar seus rebanhos.

De acordo com a fiscal estadual agropecuário da AGED/MA, Margarida Prazeres, responsável no Estado pelo Programa Nacional de Erradicação da Febre Aftosa (PNEFA), esses primeiros números da campanha apontam para dados já esperados se comparados em relação a anos anteriores da campanha.

O objetivo da AGED é imunizar mais de 8 milhões de bovinos e bubalinos no Maranhão, realizando a campanha de forma segura para os produtores rurais, equipe técnica e demais envolvidos nesse processo.

A responsável técnica pelo PNEFA informa, segundo os dados apurados pelo Sistema de Integração Agropecuário, que o quantitativo de estoque de vacina contra febre aftosa até o dia 9 de junho era de mais de 6 milhões e 200 mil doses. “Pelos dados que estamos acompanhando, o mercado está abastecido para realização da campanha. Entretanto, os produtores devem vacinar todo os animais até dia 30 de junho para manutenção do nosso status de livre da aftosa com vacinação para que em breve possamos fazer a retirada da vacina”, afirmou.

Protocolos de cuidados na vacinação e comprovação

Nesta segunda-feira, 15, estamos na metade da campanha de vacinação e a Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED/MA) recomenda aos criadores que todos os cuidados sanitários devem ser observados durante a imunização dos animais.

Produtores e veterinários devem observar o protocolo de cuidados na hora de vacinação, que recomenda evitar aglomeração desnecessária de pessoas no momento do manejo do animal e da vacinação; fazer o uso de máscara; lavar bem as mãos antes, durante e depois da aplicação da vacina; realizar a limpeza antes e depois de superfícies e equipamentos usados na vacinação; manter o distanciamento de 2 metros entre as pessoas; seguir as orientações do médico veterinário de manter o manejo sanitário dos animais; manter a temperatura da vacina entre 2° a 8°, dentre outros.

A Agência informa ainda que os criadores têm até o dia 31 de agosto para comprovar a vacinação no escritório da AGED em que sua propriedade está cadastrada. Esse prazo mais longo para comprovar a imunização dos rebanhos tem como objetivo evitar aglomerações nos escritórios para que os trâmites ocorram satisfatoriamente, sem colocar em risco a saúde dos produtores rurais e dos profissionais do serviço veterinário oficial.

A outra novidade apresentada pela AGED é que o criador pode optar pelo agendamento para apresentar o comprovante de vacina ou fazer de modo eletrônico, seguindo as orientações disponíveis no site da AGED/MA (www.aged.ma.gov.br), necessárias para realizar a comprovação. A recomendação é que o produtor não deixe para fazer a comprovação no último dia do prazo.

Quaisquer dúvidas para realizar a comprovação, basta acessar o site da AGED/MA, para acesso aos contatos de e-mails e telefones, além de informações que estão disponíveis em nossas redes sociais. Está disponível também o telefone da ouvidoria através do (98) 99132-0441.

 

Acompanhe nosso trabalho também nas redes sociais:

Instagram: www.instagram.com/aged.ma

Facebook: www.facebook.com/aged.ma 

Twitter: www.twitter.com/Aged_Maranhao