Orçamento para cadeias produtivas é discutido por secretários estaduais

Representantes de secretarias que integram o Sistema Estadual de Produção e Abastecimento, entre as quais a Aged, se reuniram nessa terça-feira (21)

Representantes de secretarias e órgãos que integram o Sepab

Representantes de secretarias e órgãos que integram o Sepab

 

Por Poliana Ribeiro
22/01/2020   15:52

O orçamento previsto para as seis cadeias produtivas consideradas prioritárias para o Governo do Estado foi discutido em reunião realizada nessa terça-feira (21), na sede da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima). A diretora geral da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED/MA), Fabiola Ewerton, participou do fórum de discussão, assim como alguns dos demais titulares e representantes das secretarias e órgãos que integram o Sistema Estadual de Produção e Abastecimento (SEPAB).

Técnicos da Sagrima e membros da equipe do Grupo Intersetorial de Planejamento Estratégico do Sepab apresentaram o Plano de Ação das Cadeias Produtivas, elaborado a partir das demandas previstas pelas secretarias, de acordo com as necessidades de cada uma das seis cadeias produtivas: mel, extrativismo, pescado, hortifruti, mandiocultura, ovinocaprinocultura e piscicultura. Com base no material apresentado, os secretários estaduais presentes à reunião fizeram ponderações e destacaram as ações prioritárias, a partir das quais será elaborado um plano orçamentário final, que será apresentado ao governador Flávio Dino.

Criado em 2015, o Sebap integra as ações do Programa Mais Produção, que tem como foco o abastecimento do estado e a busca pela autossuficiência, por meio das cadeias produtivas consideradas prioritárias. Para alcançar esse objetivo, é realizado um esforço conjunto pelas secretarias que integram o Sepab, que têm trabalhado de forma intersetorial. Integram o Sistema: Sagrima, Aged, SAF, SEDES, SEINC, Secretaria de Estado do Trabalho e da Economia Solidária (SETRES), em parceria com o Sistema Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), além do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc).

“O Sepab é um sistema no qual todas as secretarias e órgãos relacionados à produção convergem seus esforços para uma linha prioritária de atuação. O governador definiu seis cadeias produtivas prioritárias, e, ao longo deste mês, os técnicos dessas secretarias têm se reunido para a construção de um orçamento que será apresentado para o Governo para auxiliar na execução dessas ações”, explica a diretora geral da Aged, Fabiola Ewerton.

Também estiveram presentes à reunião a presidente da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Maranhão (Agerp), Loroana Santana, o secretário de Estado da Agricultura Familiar, Júlio César Mendonça, o secretário de Estado do Trabalho e da Economia Solidária, Jowbert Alves, além de representantes das secretarias de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes) e de Indústria, Comércio e Energia do Maranhão (Seinc).

Acompanhe nosso trabalho também nas redes sociais:

Instagram: www.instagram.com/aged.ma

Facebook: www.facebook.com/aged.ma 

Twitter: www.twitter.com/Aged_Maranhao