“Operação Queijo Fraudado” apreende mais 2 toneladas de queijo clandestino em Açailândia no fim de semana

aprensão 2 toneladas 2

A Operação “Queijo Fraudado”, executada pela Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED), em parceria com o Ministério Público Estadual, Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal apreendeu, na última sexta-feira (13), cerca de duas toneladas de queijo clandestino. A carga suspeita era transportada de forma inadequada em um caminhão que percorria a BR-222, em Açailândia, quando foi abordado por uma equipe da PRF.
Esta foi a segunda vez que o mesmo caminhão tentava transportar o produto de forma clandestina, segundo fiscais da AGED. Na semana passada, outros dois caminhões carregados com queijo acondicionados de forma irregular, sem selo de inspeção sanitária ou documentação fiscal, foram autuados.
“De outubro do ano passado até o mês de setembro deste ano já foram apreendidos mais de 57 mil quilos de queijo e todo o produto foi incinerado no lixão da cidade por fiscais da AGED, atendendo a legislação sanitária do país”, explicou o Chefe da Unidade Regional da Aged, em Açailândia, Anísio Rocha.
A ocorrência da Polícia Rodoviária Federal foi encaminhada à delegacia do 1º Distrito Policial de Açailândia e, segundo o delegado Lima Furtado, o flagrante foi lavrado e o motorista autuado por prática de crime contra a saúde pública.
“As ações da operação queijo fraudado tem sido um sucesso porque temos recebido total suporte dos nossos parceiros – Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar e  Ministério Público; isso tem nos ajudado muito a intensificar as ações de fiscalização e combate à produção clandestina de produtos derivados de leite, que significam um grande risco à saúde pública” afirmou o diretor geral da AGED, Fernando Lima