NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE SÍNDROME DE HAFF

Por AGED
14/09/2021 12:15

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Comitê Estadual de Sanidade dos Animais Aquáticos, a Câmara Setorial de Aquicultura, a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca do Maranhão – SAGRIMA, a Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão – AGED, a Agência de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural – AGERP, a Associação dos Engenheiros de Pesca do Maranhão – AEP e os pesquisadores e professores da Universidade Estadual do Maranhão – UEMA atentos aos últimos noticiários que envolvem o consumo de pescados vêm a público esclarecer sobre os casos da Síndrome de Haff, também conhecida como Doença da Urina Preta, ocorridos recentemente:

  1. Até o presente momento, não foram registrados casos da doença no Estado do Maranhão. Ainda não se sabe ao certo como a contaminação ocorre. Existem muitas informações sendo disseminadas por meio digital, que relacionam a doença ao consumo de pescados, o que prejudica o setor como um todo;

Ademais, o pescado continua sendo a proteína animal mais saudável e mais consumida em todo o mundo. As entidades que trabalham envolvidas com a cadeia do pescado pedem que a população evite a disseminação de informações falsas.

São Luís, 13 de setembro de 2021.

Acompanhe nosso trabalho também nas redes sociais:

Instagram: www.instagram.com/aged.ma

Facebook: www.facebook.com/aged.ma 

Twitter: www.twitter.com/Aged_Maranhao