Maranhão implementa sistema público para gestão dos dados agropecuários

Por Suyane Scanssette
02/09/2021 10:05

Em evento virtual realizado nesta quarta-feira, 01, o Governo do Goiás anunciou a cessão de uso do Sistema de Defesa Agropecuária do Goiás – SIDAGO para 13 Estados da Federação mais o Distrito Federal. Maranhão, Piauí, Ceará, Paraíba, Alagoas e Rio Grande do Norte são alguns estados do Nordeste a fazerem a implementação do SIDAGO na gestão dos dados agropecuários.

Presente na solenidade, a diretora Geral da AGED, Fabiola Ewerton lembrou que a implementação no Maranhão, sob a nomenclatura SIGAMA, leva a chancela do SIDAGO que está sendo operacionalizada em tempo recorde. “Essa é uma compreensão de defesa agropecuária que nem todos os estados têm, pois não adianta só o Goiás avançar sem os estados do Norte e Nordeste de forma conjunta. A defesa agropecuária é do país e não de um estado sozinho”, explicou. 

José Essado Neto, presidente da Agrodefesa do Goiás, lembrou a todos que o SIDAGO surgiu em 2011 com um módulo e hoje tem 35 módulos. Ele destacou durante a solenidade de cessão de uso do SIDAGO que recentemente o principal diferencial do sistema é a integração para emissão da Guia de Trânsito Animal com a nota fiscal eletrônica avulsa, além do uso do aplicativo SIGAGO. O evento foi aberto pelo governador do Goiás, Ronaldo Caiado e contou com a presença de secretários de Agricultura e presidentes dos órgãos de defesa agropecuária dos 13 estados e do Distrito Federal.

Acompanhe nosso trabalho também nas redes sociais:

Instagram: www.instagram.com/aged.ma

Facebook: www.facebook.com/aged.ma 

Twitter: www.twitter.com/Aged_Maranhao