Mais de 250 animais são fiscalizados em Vaquejada de Colinas

vaquejada-nova-colinas

Equipe da Aged, no local do evento, verificando Guias de Trânsito Animal.

Para a liberação do Parque do Povão e realização da Vaquejada de Nova Colinas, a equipe da Unidade Regional de Balsas da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged) realizou a vistoria das instalações do evento e fiscalizou 200 bovinos e 72 equinos, no dia 15.

Os fiscais estaduais agropecuários e técnicos em fiscalização agropecuária dos municípios de Balsas, Fortaleza dos Nogueiras e Nova Colinas realizaram uma fiscalização conjunta, onde verificaram as Guias de Trânsito Animal (GTA) de entrada dos bovinos e equinos que participaram do evento. No caso dos equinos, também foram verificados os exames de Anemia Infecciosa Equina (AIE), Mormo e o Atestado de Vacinação contra Influenza Equina, documentação exigida de acordo com a legislação federal. “Durante todo o evento abordamos e inspecionamos os equinos que vieram, principalmente, do Pará”, explica o chefe da Unidade Regional de Balsas, Eugênio Pires.

A fiscalização de aglomerações, como é chamada tecnicamente a inspeção que se faz em vaquejadas, leilões, exposições e outros eventos, é uma prática obrigatória e fundamental para preservar a sanidade dos animais do estado. Em 2015, a Aged esteve presente em 201 eventos registrados no estado, fiscalizando mais de 100 mil bovinos, 10 mil equinos, entre outros animais.

Após a vistoria das instalações da vaquejada em Nova Colinas, a equipe da Aged constatou que tudo estava dentro das leis e foi dada autorização para que o evento acontecesse dentro da normalidade.