Blitz da AGED faz desinfestação de maquinário agrícola em Açailândia

Essa ação previne a entrada de pragas no Estado do Maranhão
 

Por Suyane Scanssette
19/06/2020   08:58

Em uma blitz volante realizada na região de Açailândia, a Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED/MA) supervisionou a lavagem e a desinfestação de uma máquina colheitadeira e sua plataforma que saía de uma propriedade do município de Buriticupu com destino ao município de Balsas. Após o procedimento, a AGED emitiu o atestado de desinfestação para que o transportador pudesse continuar o deslocamento da máquina até o destino. A ação aconteceu na última quarta-feira, dia 17.

O Fiscal Estadual Agropecuário da AGED, Josué Álvares, que supervisionou a ação, informou que o procedimento de lavagem foi realizado com equipamento de alta pressão e a posterior desinfestação com produto químico Hipoclorito de Sódio a 1%. A exigência desse procedimento está prevista na Portaria Nº 681, de 04 de setembro de 2017, que regulamenta o trânsito de máquinas e implementos agrícolas no território maranhense.

Álvares explicou que o atestado de desinfestação de máquinas e implementos é um documento este que só pode ser emitido por fiscais e técnicos da AGED e é indispensável para o trânsito das máquinas em rodovias.

“O objetivo da ação foi atender o disposto em uma portaria específica da AGED, a fim de minimizar ou evitar a possibilidade de disseminação de pragas, doenças e plantas infestantes de uma determinada região agrícola para outra”, pontuou Álvares.

No ano passado foram emitidos aproximadamente 300 atestados de desinfestação de máquinas, em sua grande maioria para colheitadeiras que entraram no Estado com destino ao Pará e Maranhão para colheita da safra de grãos.

Todos os anos, com colheita da safra de soja no primeiro semestre, é comum o aumento do fluxo no trânsito de máquinas e implementos agrícolas no território maranhense. Essas máquinas tornam-se potenciais disseminadoras de pragas (insetos, nematóides, fungos, vírus, bactérias, ácaros, etc) ao se deslocarem de uma propriedade a outra através de restos de culturas ou solos que ficam aderidos nos pneus das máquinas ou em outros compartimentos.

Com isso, a AGED intensifica suas ações de supervisionar a lavagem e a desinfestação dessas máquinas tanto nos postos fixos de fiscalização agropecuária localizados nas divisas do Estado como na realização de blitzes em pontos estratégicos nas rodovias.

 

Acompanhe nosso trabalho também nas redes sociais:

Instagram: www.instagram.com/aged.ma

Facebook: www.facebook.com/aged.ma 

Twitter: www.twitter.com/Aged_Maranhao