Agropolo do Rio Tocantins avança no incentivo a cadeias produtivas

O Agropolo do Rio Tocantins, formado pelos municípios de Imperatriz, Senador La Rocque, Buritirana e João Lisboa, vem avançando na articulação com instituições parceiras e no incentivo à produção na região. Em reunião com produtores assistidos e membros do comitê gestor do Agropolo, durante a Expoimp, a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima) apresentou as ações já realizadas e o plano de ação para o segundo semestre de 2017.

As cadeias produtivas priorizadas no Agropolo são a hortifruticultura, com foco nos cultivos de maracujá, mamão, banana e melancia, e a bovinocultura. Nas duas cadeias, já foram entregues equipamentos como kits de irrigação, sementes, tanques de resfriamento de leite, ordenhadeiras mecanizadas e insumos agrícolas e está sendo promovida a assistência técnica e gerencial a 50 propriedades, por meio de convênio com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

“A Região Tocantina já se destaca no setor produtivo e queremos que ela avance ainda mais em cadeias que ainda precisam ser mais incentivadas, como a hortifruticultura. A gente tem muita vontade e gosta de trabalhar nessa região porque ela dá resultado”, disse o secretário Márcio Honaiser sobre as ações já realizadas.

Programa Agropolos

O Programa Agropolos é uma iniciativa da Sagrima que busca desenvolver os potenciais produtivos das várias regiões do estado. Em parceria com produtores, sindicatos, instituições financeiras, de ensino e pesquisa, são realizadas ações para aumento da produção, difusão de novas tecnologias e diminuição das importações de alimentos.

De acordo com o gestor da Agência Estadual de Pesquisa e Extensão Rural (Agerp), Humberto Nascimento, a ação conjunta é fundamental para o setor. “Essa parceria é muito importante para que possamos fortalecer os produtores, levar conhecimentos e ações a eles e também aprender com eles e receber sugestões para incrementar nosso trabalho”, destacou.

Nesse sentido, o Agropolo da Ilha, primeiro a ser implantado, já tem alcançados grandes resultados, fornecendo hortifrutis para três redes de supermercados de São Luís.

Já foram implantados e estão em plena atividade os Agropolos da Ilha, Rio Balsas e Rio Tocantins, enquanto os Médio Sertão, Rio Pindaré e Rio Munim estão em fase de implantação e outros quatro ainda serão implantados.

O Programa Agropolos interage com o Programa ‘Mais Produção’ ao implantar ações das cadeias produtivas prioritárias nas Unidades de Referência de Produção (URPs) dos agropolos, de acordo com a vocação produtiva de cada região.

Diálogo com secretários municipais

Reunião-com-secretário-municipais-levantou-potenciais-e-demandas-da-região

Ainda durante a Expoimp, a Sagrima reuniu secretários municipais da Região Tocantina e instituições parcerias para discutir as demandas e ações do setor produtivo. Representantes de 15 municípios, do Sindicato Rural de Imperatriz e das Agências de Defesa Agropecuária (Aged) e Agerp participaram do diálogo.

Dentro da defesa agropecuária, questões como o incentivo à agroindustrialização estiveram as mais mencionadas, como destaca o gestor da Aged, Sebastião Anchieta. “Foi realmente uma reunião muito proveitosa, onde falamos da produção e dos potenciais de cada município, além das dificuldades, que buscaremos solucionar em parceria com as prefeituras”, disse.