AGED vistoriou uma colônia de morcegos em Icatu

Por Suyane Scanssette
26/04/2021    09:54

Em atendimento a uma notificação, a Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED/MA) vistoriou uma colônia de morcegos no município de Icatu, no povoado Centro Velho. Durante o monitoramento, detectou-se que não se tratava de uma espécie de morcego hematófago. Entretanto, a AGED solicita que a população faça o comunicado à Agência ao encontrarem colônia de morcegos, ou mesmo o animal morto para que todas as providências em vigilância e monitoramento possam ser realizadas.

Os morcegos são portadores/vetores da raiva, uma doença aguda do Sistema Nervoso Central, que pode acometer todos os mamíferos, inclusive os seres humanos, caracterizada por uma encefalomielite viral e 100% letal, a partir do aparecimento dos sintomas.

Esta doença possui ciclos relacionados à saúde única, que envolve seres humanos, os animais e o meio ambiente. A doença possui quatro ciclos que são o urbano, rural, silvestre e aéreo. A AGED atua na saúde única, com foco no ciclo rural, aéreo e silvestre da doença, através do Programa Nacional de Controle da Raiva dos Herbívoros (PNCRH), instituído pelo Ministério da Agricultura.

A Agência desenvolve ações como de fiscalização da vacinação antirrábica, controle da população de morcegos hematófagos da espécie Desmodus rotundus, monitoramento de abrigos de morcegos, vigilância epidemiológica e educação sanitária.

É importante que qualquer mordida de animal em humanos, seja doméstico ou silvestre, ou mordida de morcegos em herbívoros, sejam comunicados à AGED e a Secretaria Estadual de Saúde para realização do controle e prevenção da doença.

Acompanhe nosso trabalho também nas redes sociais:

Instagram: www.instagram.com/aged.ma

Facebook: www.facebook.com/aged.ma 

Twitter: www.twitter.com/Aged_Maranhao