AGED realiza blitz para fiscalização de trânsito agropecuário em Balsas e divulga os resultados

Por Suyane Scanssette
09/12/2021 13:26

Uma blitz foi montada pela AGED, com apoio da equipe da Polícia Rodoviária Federal e de técnicos da Secretaria de Estado da Fazenda para fiscalização do trânsito agropecuário. A operação aconteceu na BR 230 e MA 006.  

O objetivo das ações, além de garantir a segurança de todos, visa atender as demandas e ações de inspeção e de defesa agropecuária, representando qualidade na oferta de produtos e subprodutos de origem animal e vegetal para a população, além de promover a saúde total.

Durante a blitz caminhões, vans e ônibus foram abordados pelos fiscais que conferem os documentos exigidos pela legislação quando a carga transportada for de animal vivo ou de produtos e subprodutos de origem animal ou vegetal. Na abordagem, os fiscais também conferem se os animais ou os produtos e subprodutos derivados estão sendo transportados de forma adequada conforme as normas sanitárias. Nesta ação, nenhuma irregularidade foi encontrada pelos fiscais da AGED.

Dos que foram parados durante a fiscalização, os fiscais encontraram e vistoriam cargas de agrotóxicos, lenha de eucalipto, arroz (grãos), milho (sementes e grãos), animais (bovinos e equinos), carne, farinha de osso, farinha de mandioca, adubo, farelo de Palmiste, fertilizantes, casca de soja pelotizada, látex coágulo, frutas e verduras.

Ainda foi fiscalizado o trânsito de máquinas e implementos Agrícolas para averiguação de desinfestação dos mesmos, conforme preconiza a legislação estadual.

RESULTADOS

A AGED divulgou o balanço da operação. Foram fiscalizados 63 veículos e foram inspecionados 14 máquinas e implementos agrícolas, 373 bovinos e 2 equinos.

Os fiscais apreenderam um veículo com 12 animais (bovinos) que estavam sendo transportados sem Guia de Trânsito Animal (GTA) e sem nota fiscal e um outro veículo com 70 litros de agrotóxicos sem receituário agronômico e sem nota fiscal.

No total de cargas fiscalizadas durante a operação foram vistoriadas: 37.665 kg de agrotóxicos; 120.740 kg de milho; 51.000 kg de arroz; 23.000 kg sementes de soja; 49.000 kg de adubo; 2.000 kg de micronutrientes; 4.500 kg de fertilizantes; 6.102 kg de látex coágulo; 47.220 kg de casca de soja pelotizada; 78.355 kg de frutas e verduras; 37.000 kg de lenha de Eucalipto; 15.000 kg de farelo de palmiste; 20.500 kg de farinha de mandioca; 32.520 kg de farinha de carne e osso; 500 kg de ovos líquidos; 76.680 kg de ovos férteis, 80.410 kg de carne bovina sem osso e 76.288 kg de carne bovina com osso.

Acompanhe nosso trabalho também nas redes sociais:

Instagram: www.instagram.com/aged.ma

Facebook: www.facebook.com/aged.ma 

Twitter: www.twitter.com/Aged_Maranhao