AGED participa de visita de Embaixador do Vietnã no Laboratório de Diagnóstico de Enfermidades de Crustáceos instalado na UEMA

A Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) recebeu, nessa sexta-feira (12), a visita do embaixador do Vietnã, Do Ba Khoa, que conheceu as instalações do Laboratório Oficial de Diagnóstico de Enfermidades de Crustáceos, localizado no Campus Paulo VI. O embaixador está de passagem pelo Maranhão desde o início da semana passada, e mantém diálogo com o Governo do Estado sobre oportunidades de investimento no estado.

A comitiva vietnamita foi recebida pelo vice-reitor da UEMA, Walter Canalles Sant’ana, pelo assessor de Relações Internacionais, Thales Passos Andrade, demais pesquisadores da Instituição e pelo presidente da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão, Sebastião Anchieta.

O vice-reitor da UEMA, Walter Canalles Sant’ana aponta que “A UEMA e o Maranhão conseguiram reunir todos os quesitos necessários para a construção deste laboratório, para torná-lo cada vez mais útil para a sociedade, com a elaboração de pesquisas que refletem o engajamento social da instituição”

Já o assessor de Relações Internacionais, Thales Passos Andrade, explicou que o Laboratório de Diagnóstico de Enfermidades de Crustáceos surgiu a partir de um convênio com o Governo Federal:

IMG_2876“O LAQUA/UEMA integra a Rede Nacional de Laboratórios do Ministério da Pesca e Aquicultura (RENAQUA) dedicada ao diagnóstico de doenças infecciosas de camarões e demais crustáceos. O Laboratório surgiu a partir de um convênio com o Governo Federal. Estamos concluindo o processo de implantação, mas já trabalhamos há mais de um ano com análise de amostras, desenvolvendo pesquisas para melhoria do setor produtivo”, destacou o docente.

O LAQUA cumpre uma série de exigência de padrões laboratoriais, contando com Sala de Imagem, Sala de Amplificação, Sala de Ultrafreezer (com temperatura de -80°), Sala de Extração, Sala de Clivagem e Sala de Bioensaio.

O embaixador Do Ba Khoa ressaltou a importância da sua agenda no Estado e da visita à Universidade Estadual,  “Muito interessante conhecer a estrutura física e de equipamentos do laboratório. Estamos abertos para diálogos futuros com a UEMA. O compartilhamento de ideia entre os dois países trará bastante benefício a ambos”

Para o presidente da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão, Sebastião Anchieta, “Essa vista foi muito positiva, pois este laboratório é uma grande conquista para o nosso Estado e a AGED estará como grande parceira nas ações desenvolvidas.” Disse