AGED e SEINC reúnem com o Grupo Mateus

Os órgãos apresentaram as vantagens de adesão ao SISBI-POA

Por Suyane Scanssette
04/03/2020    08:00

A Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED/MA) e a Secretaria de Estado da Indústria e Comércio (SEINC) reuniram nesta terça-feira, 03, com representantes do Grupo Mateus para apresentar as vantagens de adesão ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA). Participaram da reunião pela AGED, a diretora geral Fabiola Ewerton, o coordenador de Inspeção Animal, Marcelo Falcão, a coordenadora de Defesa Animal, Jucielly Oliveira, o assessor especial de apoio institucional da Seinc, Rodolfo Rodrigues, o gerente geral de indústrias e o gerente administrativo do Grupo Mateus, respectivamente Leandro Ortegal e Eduardo Sampaio Guilhon.

Durante a reunião, a AGED e SEINC apresentaram um mapa de investimentos promovidos pelo Governo do Estado, para o fortalecimento do Sistema Estadual de Produção e Abastecimento (SEPAB), através das diversas cadeias produtivas que fazem parte do Sistema. A AGED apresentou os estabelecimentos que possuem o Serviço de Inspeção Estadual (SIE), que conjuntamente com a SEINC, buscou incentivar o consumo de produtos do Estado. No Maranhão, 28 estabelecimentos estão inscritos no Serviço de Inspeção Estadual (SIE), sendo 6 deles, abatedouros frigoríficos e mais de 15 no segmento de laticínios. Deste segmento, 3 empreendimentos estão em processo de adesão ao SISBI, após implantação dos Programas de Auto Controle (PAC) e que aguardam receber a certificação.

A diretora geral da AGED, Fabiola Ewerton explicou que um dos objetivos da Agência é garantir a Saúde Pública, através das ações que buscam conferir qualidade aos produtos que chegam à mesa do consumidor. “O serviço de inspeção é a garantia da procedência dos produtos que chegam para população, atestando qualidade para o consumo. Estamos realizando diversas reuniões com empresários apresentando as vantagens de adesão ao SISBI, dentre elas que os produtos de origem animal de agroindústrias maranhenses poderão ser comercializados em todo o país”, disse.

O gerente geral de indústrias do Grupo Mateus, Leandro Ortegal considerou a reunião importante para expansão dos negócios e apresentação da qualidade dos produtos trabalhados. “Estamos felizes, pois o Maranhão vai começar a trabalhar o SISBI e isso vai permitir atingir outros Estados. Vamos trabalhar de forma organizada oferecendo qualidade aos produtos que chegam ao consumidor”, pontuou.

O Grupo Mateus será um dos primeiros estabelecimentos, no segmento de produtos fatiados, a receber o SISBI-POA.

Acompanhe nosso trabalho também nas redes sociais:

Instagram: www.instagram.com/aged.ma

Facebook: www.facebook.com/aged.ma 

Twitter: www.twitter.com/Aged_Maranhao