AGED divulga os índices de vacinação contra febre aftosa da segunda etapa da campanha

Os índices de rebanho imunizado e de propriedades que vacinaram seus animais ultrapassou a margem de 90%

 

Por Suyane Scanssette
11/02/2021     14:30

A Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED/MA) divulgou os dados consolidados da II Etapa da Campanha de Vacinação contra Febre Aftosa em todo o Estado. Nesta etapa, em que foram vacinados apenas os animais na faixa etária de 0 a 2 anos, o Maranhão atingiu o índice de cobertura vacinal do rebanho de bovinos e bubalinos de 96,65%, bem acima do estipulado pelo Ministério da Agricultura que é de 90% dos animais imunizados. Um outro destaque nessa etapa é o índice que o Estado atingiu com a cobertura de propriedades rurais que imunizaram seus animais, chegando ao patamar de 90,73%.

Mesmo com os desafios impostos pela pandemia da Covid-19, os produtores e criadores mais uma vez compreenderam a importância da vacinação para que o Maranhão continue avançando no status sanitário de zona livre de aftosa, até que se possa fazer a retirada da vacina, prevista para 2022, conforme apontamento dado pelo Ministério da Agricultura.

De acordo com os dados do Sistema de Integração Agropecuário, o Maranhão possuía 3.173.402 cabeças de rebanho bovino e bubalino com idade de 0 a 2 anos para serem vacinados. Nessa segunda etapa foram vacinados 3.067.229 animais. Quanto as propriedades rurais, as que tinham animais a serem vacinados nesta etapa eram 95.166 e 86.348 imunizaram o gado bovino/bubalino.

Detalhamento do índice

Todas as Unidades Regionais (UR) da AGED bateram a meta do Mapa e ficaram com índice bem acima dos 90% de animais vacinados.

A vacinação pelas Unidades Regionais da Agência pelos índices alcançados Itapecuru-Mirim (99,62%), Imperatriz (99,43%), São Luís (98,74%), Bacabal (98,48%), Chapadinha (98,43%), Presidente Dutra (98,17%), Açailândia (97,25%), Zé Doca (96,99%), Pinheiro (96,77%), Caxias (95,99%), Balsas (95,86%), Pedreiras (95,67%), Viana (95,20%), Rosário (94,71%), Barra do Corda (94,61%), Santa Inês (94,45%), São João dos Patos (93,99%) e Codó (91,46%).

Quanto ao quesito propriedades rurais que atingiram o índice acima do preconizado pelo Mapa, obtendo os melhores índices, estão as URs de Itapecuru (99,34%), São Luís (98,96%) e Imperatriz (98,37%).

Acompanhe nosso trabalho também nas redes sociais:

Instagram: www.instagram.com/aged.ma

Facebook: www.facebook.com/aged.ma 

Twitter: www.twitter.com/Aged_Maranhao