AGED de Balsas realiza ações de Defesa Vegetal

Por AGED
04/08/2021 16:08

A AGED de Balsas realizou ações de fiscalização quanto ao uso, armazenamento de agrotóxicos e devolução das embalagens vazias de agrotóxicos e afins nos municípios de Tasso Fragoso e Alto Parnaíba. 

Foram fiscalizadas 23 propriedades rurais (localizadas na divisa com o Estados do Piauí e Tocantins) além da realização de 15 levantamentos fitossanitários onde foram relatados alguns problemas pelos produtores como: Capim-amargoso e Vassourinha de Botão, que são plantas daninhas resistentes ao herbicida glifosato.
A equipe de fiscais encontraram irregularidades no armazenamento de embalagens vazias de agrotóxicos lançadas a céu aberto, os produtores foram orientados a realizar a devolução para a central de recebimento imediatamente ou armazenar de forma correta, em local coberto e trancado. 

Todos foram alertados quanto ao período do Vazio Sanitário da Soja (1 de agosto a 30 de setembro), orientados sobre a destruição da soja voluntária (sequeiro) e para aqueles que possuem sistema de irrigação orientação sobre autorizações e comunicados, que devem ser feitos a AGED 30 dias antes do início do Vazio Sanitário.

A equipe orientou ainda sobre a proibição da aplicação do herbicida glifosato via aérea e sobre a lavagem de máquinas e equipamentos agrícolas para evitar a entrada de pragas e doenças no Estado, como por exemplo, Amaranthus palmeri. 

Acompanhe nosso trabalho também nas redes sociais:

Instagram: www.instagram.com/aged.ma

Facebook: www.facebook.com/aged.ma 

Twitter: www.twitter.com/Aged_Maranhao