AGED convoca os criadores para que vacinem seu rebanho contra a febre aftosa dentro do prazo

foto vacinação assistida Rosário 2

Na última sexta (15), a primeira etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa no estado completou 15 dias. Esta primeira etapa da campanha de vacinação contra a doença está acontecendo em todo o estado do Maranhão no período de 01 a 31 de maio. Além de vacinar, o criador deve comprovar a vacinação em um dos escritórios da AGED, apresentando a nota fiscal da compra da vacina. O prazo para comprovação encerra-se no dia 15 de junho. O Maranhão tem o desafio de vacinar até o dia 31, mais de 7,5 milhões de cabeças de bovinos e bubalinos.

A Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED), órgão vinculado à Secretaria de Agricultura e Pecuária (SAGRIMA), convoca todos os criadores maranhenses para que vacinem seu rebanho até o dia previsto. “Por estarmos em área livre de febre aftosa com vacinação, de reconhecimento internacional, é fundamental que os criadores continuem a vacinar a totalidade do seu rebanho de bovinos e bubalinos, dentro do prazo de campanha.” Explicou o presidente da AGED, Sebastião Anchieta.

O criador que não vacinar seus animais não poderá solicitar a Guia de Trânsito de Animal (GTA), documento emitido e exigido pela AGED para que possa circular com seus animais fora da propriedade. E os que deixarem para comprar a vacina a partir do dia 1º de junho, só poderão comprá-la mediante autorização da AGED, pois as casas de revenda não poderão mais vender. Ao solicitarem a autorização para a compra de vacina nos escritórios da AGED, os criadores que ainda não vacinaram, pagarão multa, por estarem fora do prazo oficial de compra.