AGED coleta material sorológico para saneamento de foco de Anemia Infecciosa Equina

Amostra sanguínea de 39 animais foram coletadas

Por Suyane Scanssette
22/06/2020   14:03

A Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED/MA) realizou a coleta de soro sanguíneo em 39 animais de uma propriedade rural no município de Viana para saneamento do foco de Anemia Infecciosa Equina (AIE).

Participaram da ação, a gestora da regional da AGED em Viana, Ana Claudia Macêdo; o médico veterinário Carlos Eduardo; o auxiliar de campo Domingos Evangelista e o gerente da propriedade.

A gestora da regional da AGED em Viana, Ana Claudia Macêdo explicou que a ação foi realizada por conta do registro positivo para AIE nos animais da propriedade. Segundo a gestora esse procedimento é necessário para que a propriedade possa ser desinterditada.

“Iniciamos o saneamento da propriedade, onde coletamos sangue de todos os equídeos. Caso após dois exames consecutivos no intervalo de 30 e 60 dias todos os animais forem negativos para a doença, a propriedade será desinterditada. Caso contrário, se der algum animal positivo para AIE, o mesmo será eutanasiado e se faz nova coleta”, informou.

Ana Cláudia disse ainda que foi feita toda a orientação durante o processo de saneamento como não entrada e saída dos animais da propriedade, que todo animal comprado ao adentrar na propriedade deve vir com Guia de Trânsito Animal (GTA) e os exames negativos para AIE e Mormo.

Após a ação, as amostras sorológicas foram encaminhadas para o Lanagro em Pernambuco para o diagnóstico.

ANEMIA INFECCIOSA EQUINA (AIE)

A Anemia Infecciosa Equina (AIE) é uma doença infectocontagiosa crônica de etiologia viral e a sua notificação é obrigatória e deve ser feita na AGED. A doença afeta equinos, asininos e muares de qualquer idade e sexo.

Para o controle e erradicação recomenda-se o uso de agulhas e seringas descartáveis; limpeza de utensílios utilizados nos animais; isolamento de animais positivos até o sacrifício; realização de exame de diagnóstico de AIE, para trânsito.

Em caso de resultado positivo o caso deve ser encaminhado imediatamente ao Serviço Veterinário Oficial, o proprietário do animal é notificado e faz-se a identificação e sacrifício do animal portador. A propriedade será interditada e haverá proibição do trânsito de todos os equídeos até saneamento do foco.

 

Acompanhe nosso trabalho também nas redes sociais:

Instagram: www.instagram.com/aged.ma

Facebook: www.facebook.com/aged.ma 

Twitter: www.twitter.com/Aged_Maranhao