Abatedouro de Santa Inês vai poder comercializar carne para o mercado nacional

Por Suyane Scanssette
26/08/2021 16:27

Um abatedouro de bovinos, localizado em Santa Inês, com capacidade de abate de 160 animais por dia, recebeu nesta quinta-feira, o certificado do Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA), durante solenidade virtual com representantes da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED/MA), da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima) e da Secretaria da Indústria e Comércio (Seinc).

Com a adesão ao SISBI, o abatedouro frigorífico Vale do Pindaré vai poder comercializar sua carne em todo o território nacional. Esse já é o segundo abatedouro a receber o certificado SISBI desde que o Ministério da Agricultura ampliou a inclusão do segmento cárneo, em dezembro do ano passado. Além dos abatedouros, três estabelecimentos do segmento leite e derivados que já possuem o SISBI e estão habilitados a venderem os produtos para todo o País.

O secretário de Estado da Agricultura, Sérgio Delmiro lembrou que a região de Santa Inês vem expandindo os empreendimentos com registro no Serviço de Inspeção Estadual (SIE). “Agora temos o Vale do Pindaré com SISBI e um outro empreendimento que já solicitou o Selo Arte, uma grande conquista para o Estado para que os produtores possam colocar seus produtos em outros mercados. A grande importância é colocar produtos de qualidade no mercado, garantir aos maranhenses e empreendedores que o Governo está presente para garantir o desenvolvimento de todos”, informou.

A diretora Geral da AGED disse que a entrega de mais um certificado SISBI representa o compromisso do Governo do Estado em colocar à Agência mais próxima do produtor para que ele avance em seus negócios. “Essa equivalência do Sistema de Inspeção Estadual ao SISBI vai permitir a comercialização dos produtos no mercado nacional. É com a presença do fiscal da AGED dentro do abatedouro acompanhando todo o processo para garantir que o produto tenha qualidade, que a carne é idônea e que pode ser consumida não só por maranhenses mas para toda população brasileira”, explicou.

O proprietário do frigorífico, José Antônio Firmino agradeceu a todos os presentes pelo apoio e disse o quanto significa receber o certificado SISBI para seu negócio. “Vamos poder vender o nosso produto dentro e fora do Maranhão e também gerar mais emprego e renda. Agradecemos o apoio de todos vocês”, celebrou.

É interesse do Governo do Estado que as empresas maranhenses avancem porque isso significa aumento de emprego e renda. Para as empresas, esse avanço significa que os seus produtos vão chegar a novos mercados, então todos acabam ganhando com a adesão ao SISBI-POA.

Dentre as principais vantagens de adesão ao Sistema estão: melhoria na prestação de serviço à população; garantia de alimentos seguros; respeito ao Código de Defesa do Consumidor; estímulo à formalização das agroindústrias, ampliação do mercado consumidor dos estabelecimentos; incremento na geração de empregos e renda; fixação de mão de obra no campo e atração de mais agroindústrias para a região.

Acompanhe nosso trabalho também nas redes sociais:

Instagram: www.instagram.com/aged.ma

Facebook: www.facebook.com/aged.ma 

Twitter: www.twitter.com/Aged_Maranhao